Index-Asbia aponta crescimento de 28% no mercado de inseminação artificial

Index-Asbia aponta crescimento de 28% no mercado de inseminação artificial

Inseminação Artificial

A Asbia (Associação Brasileira de Inseminação Artificial) apresenta, nesta segunda-feira (08), o novo INDEX Asbia 2020, com um balanço preciso do setor de inseminação artificial (IA) em bovinos ao longo do ano de 2020 no Brasil.

Os dados do novo relatório comprovam a presença da IA em todo o território nacional. Os registros apontam a utilização da IA em 4.286 municípios, o que representa 77% de todos os municípios brasileiros.

O relatório analisou 143.325 informações individuais para gerar os resultados, sendo 38.845 do 4º trimestre de 2020. Além disso, foram utilizadas 125.734 informações para a formulação dos dados municipalizados, que expressam os aspectos da inseminação artificial em nível municipal. A análise dos dados segmentada por município foi introduzida nos demais relatórios divulgados pela Asbia em 2020.

“Os resultados marcam definitivamente a inseminação artificial como uma das ferramentas fundamentais para o futuro da pecuária no Brasil, e colocam o país num patamar muito importante no cenário mundial. Em 5 anos, passamos de menos de 13 milhões de doses para 21,5 milhões de doses vendidas ao cliente final. O uso da inseminação sai de 11% e chega a quase 20%. Isso é extraordinário”, comenta o presidente da associação, Márcio Nery.

A produção total de sêmen alcançou as 14.899.623 doses em 2020, representando um crescimento de 36% em relação ao ano anterior, quando foram produzidas 10.940.746 doses.

Com um crescimento de 5% em relação a 2019, as exportações também tiveram resultados positivos, atingindo as 508.096 doses.

Foram coletadas 12.536.601 doses de genética de raças de corte, marcando um aumento de 38% em relação às de 2019. Quanto às raças de leiteiras, foram coletadas 2.363.022 doses, contra 1.739.568 doses do ano anterior.

Os bons resultados em meio a um ano desafiador comprovam a força da IA e ampliam as perspectivas para 2021. Segundo Márcio, a Asbia visa trabalhar ainda mais em prol de seus associados e do melhoramento genético neste ano. “Estamos muito preparados para seguir crescendo em 2021, acreditamos que podemos crescer perto de 25%, e isso fará com que o mercado brasileiro atinja cerca de 30 milhões de doses, um marco que será extraordinário”, finaliza.

Baixe o relatório completo pelo endereço: https://drive.google.com/file/d/1ROkd69sqXKI3MsZWvsLgkeHaIr_7654c/view?usp=sharing

Fonte: ASBIA

#BerranteGenética #AltaGenetics #Index #Asbia #crescimento #IATF #InseminaçãoArtificial #Bovinos #Pecuária

 

Quer saber mais? Entre em contato pelo WhatsApp